Supply chain: conheça os maiores erros e como evitar em sua estratégia

Te explicamos quais os principais erros da gestão do supply chain que você deve evitar. Confira!

Para muitas empresas, a gestão do supply chain envolve muitas oportunidades — às vezes aproveitadas, muitas vezes perdidas.

Por isso que em muitos negócios identificamos uma cadeia de suprimentos que não agrega valor, mas repleta de erros que custam tempo e dinheiro para a empresa.

Mesmo que o supply chain de sua empresa não esteja em frangalhos, você ainda pode estar perdendo oportunidades de otimizar sua cadeia de suprimentos.

Quanto mais você corrigir e evitar erros no gerenciamento do supply chain, mais sua empresa se beneficiará.

Com uma estratégia eficiente, você pode cortar custos e aumentar as margens de lucro.

Além disso, melhorar a cadeia de suprimentos e os processos de negócios relacionados ajuda sua empresa a planejar o futuro, se adaptar às mudanças e melhorar o atendimento ao cliente.

Nesse conteúdo, vamos te explicar um pouco mais sobre o assunto, passando pelo conceito de supply chain e os principais erros que você deve evitar!

O que é Supply Chain? Relembre

O supply chain é uma rede de conexões, processos e funções de uma empresa e seus parceiros comerciais. O objetivo final é otimizar toda jornada de produção e distribuição de um produto ao comprador final.

Essa rede inclui diferentes atividades, pessoas, organizações, dados e recursos.

Cadeia de suprimentos, como também é conhecido, representa as etapas necessárias para levar o produto ou serviço de seu estado original (ou seja, das matérias-primas brutas) às mãos do cliente.

Ou seja, inclui todas as etapas, desde o fornecimento de materiais e a fabricação dos produtos até sua distribuição e venda.

Gerenciar o supply chain com sucesso é essencial para qualquer empresa que deseja competir.

Os 5 maiores erros que você pode cometer na gestão do Supply Chain

E qual a melhor forma de melhorar a gestão do seu supply chain? O primeiro passo é evitar alguns erros comuns. Entenda quais!

1. Não se planejar para o futuro

Se sua estratégia de supply chain não está pronta para se adaptar a mudanças inesperadas e crescer com as necessidades de sua empresa, ela não será muito útil para você.

Você precisa ter um plano para lidar com interrupções na cadeia de abastecimento. Dessa forma, se algo acontecer em seu supply chain, você poderá lidar com isso rapidamente e minimizar ou evitar que o problema afete seus clientes.

2. Depender de apenas um fornecedor

Depender de um único fornecedor é uma tendência do supply chain que pode facilmente levar a erros para pequenas e médias empresas, especialmente se for escolhida como uma estratégia sem levar em conta os riscos potenciais.

Embora possa valer a pena ter um único fornecedor estratégico de materiais primários, também pode criar um ponto fraco na cadeia de suprimentos.

Foi algo que se viu com maior intensidade quando a Covid-19 afetou o supply chain como um todo, no primeiro semestre de 2020.

A pandemia destacou fortemente a necessidade das empresas desenvolverem redes de fornecedores confiáveis e diversas.

3. Falta de otimização de processos

Não otimizar os processos de negócios relacionados ao gerenciamento do supply chain é outro erro comum.

Normalmente, problemas como esse se desenvolvem gradualmente à medida que a empresa cresce e muda o foco.

À medida que isso acontece, as práticas de supply chain que costumavam funcionar muito bem podem se tornar cada vez menos eficientes.

Uma das primeiras etapas para otimizar o gerenciamento da cadeia de suprimentos é fazer com que todas as suas equipes trabalhem juntas.

A visibilidade da cadeia de suprimentos facilita a coleta de dados precisos, maximiza a eficiência e é uma parte fundamental dos esforços de gerenciamento de risco.

4. Não automatizar processos

Seguindo na esteira do item acima, além da otimização, você deve buscar formas eficientes de automatizar processos.

É algo inerente do supply chain moderno, que é estruturado com base em metodologias ágeis.

Assim, é possível criar processos mais objetivos, menos custosos e que exigem menos ação humana.

É o caso da automação de tarefas como a qualificação de fornecedores.

Quantos dias sua equipe atual gasta apenas nesse processo?

Com um software como o U-Qualify, por exemplo, você consegue automatizar toda homologação e qualificação periódica dos seus parceiros comerciais.

Assim, o próprio sistema verifica, com consultas em mais de 20 fontes oficiais, se os seus fornecedores estão em compliance com sua política e suas diretrizes.

Já imaginou a redução de custos que isso pode ocasionar? Entre vários outros benefícios, como o aumento da produtividade!

 

E aí, gostou de aprender mais sobre o assunto? Esperamos que esse conteúdo ajude você a melhorar a gestão do seu supply chain!

Que tal experimentar gratuitamente o U-qualify e automatizar o processo de qualificação dos fornecedores?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Software para homologação de empresas com mais de 20 fontes de verificação.

Nos acompanhe

Entre em contato

Telefone: (11) 4280-8482

E-mail: contato@uqualifyapp.com

© U-qualify – Todos os direitos reservados 2020-2021.