O que é a governança corporativa e qual sua importância atualmente?

Você sabe o que é governança corporativa e como ela pode impactar seu negócio? Explicamos tudo sobre o assunto, bem como a importância de aplicá-la em sua empresa!

A governança corporativa é importante, pois permite que as organizações atinjam seus objetivos, tomem decisões formais, controlem riscos e garantam a conformidade em seus processos.

Mas afinal, essa é uma obrigação de todas as empresas ou apenas das maiores? E, na prática, como funciona e quais os benefícios da governança corporativa para sua organização?

É o que vamos te mostrar nesse conteúdo. Siga a leitura para aprender tudo sobre o assunto!

O que é governança corporativa?

A governança corporativa é o conjunto de diretrizes por trás das entregas de qualquer bom negócio. Abrange os processos, práticas e políticas em que uma empresa se baseia para tomar decisões e gerenciar sua operação.

Toda entidade exige governança — seja uma empresa pública, privada ou mesmo em uma organização sem fins lucrativos.

Sem um sistema de regras e práticas, não há como administrar adequadamente uma empresa.

A governança corporativa existe para garantir que um negócio funcione sem problemas e que todos saibam onde é seu lugar e quais suas responsabilidades.

Na prática, a boa governança corporativa incorpora um conjunto de regras que definem o relacionamento entre os stakeholders, a administração e o conselho administrativo de uma empresa e influenciam a forma como a mesma opera.

Isso tudo leva a práticas comerciais éticas, o que não apenas torna a empresa mais viável financeiramente, mas também mais favorável aos olhos do público em geral e de seus stakeholders.

Como a governança corporativa funciona?

A governança corporativa abrange os aspectos sociais e institucionais de um negócio. Simplificando, é o sistema pelo qual as organizações são dirigidas e gerenciadas.

Desse modo, trata-se de basicamente um guia e um conjunto de diretrizes que indica como os objetivos de um negócio são definidos e alcançados, como os riscos são monitorados e avaliados e como o desempenho interno é otimizado.

Ou seja, um documento que auxilia na gestão da empresa.

Refere-se a todas as leis, regulamentos, códigos e práticas que definem como uma empresa é administrada. Determina os direitos e responsabilidades de todos os agentes ativos dentro de uma organização.

Em geral, podemos resumir sua função aos seguintes pontos:

  • Atuar como um sistema de princípios, políticas, procedimentos, responsabilidades definidas e prestação de contas usado pelas partes interessadas para lidar com os conflitos de interesse;
  • Controlar a interação entre vários participantes (acionistas, conselho administrativo e administradores do negócio) na formação do desempenho de uma corporação e na direção em que ela está seguindo;
  • Assegurar a transparência dos processos, resultados e indicadores de desempenho do negócio;
  • Definir a forma que lida com parceiros comerciais, terceiros e fornecedores, bem como sua correta gestão, homologação e qualificação;
  • Os procedimentos para supervisão, controle e fluxos de informações.

Qual a importância da governança corporativa para uma empresa?

A boa governança corporativa promove uma cultura de integridade, facilitando a execução de um desempenho positivo e sustentável.

Além disso, sinaliza ao mercado que uma organização é bem administrada e que os interesses da gerência estão alinhados com os demais stakeholders.

Na teoria, pode fornecer às empresas uma vantagem competitiva, especialmente em relação à disputa por acionistas!

Vale dizer que o conselho administrativo desempenha um papel vital na governança corporativa. 

Ele precisa se envolver com a gestão do negócio para fornecer clareza do propósito estratégico.

Desenvolver e definir uma estratégia clara e, em seguida, implementá-la de forma eficaz são vitais para o sucesso de qualquer organização.

Dependendo do tamanho da empresa e se ela está listada na bolsa, os acionistas também participam, garantindo que os diretores certos sejam nomeados para o Conselho.

A importância da governança corporativa é evidenciada pelos impactos positivos que ocorrem quando os riscos são controlados e os procedimentos organizacionais são agilizados e consistentes.

As organizações podem ver muitos benefícios diretos com a boa governança corporativa, incluindo:

  • Processos mais eficientes: pela repetibilidade e consistência das tarefas executadas.
  • Visibilidade de erros: essa repetibilidade e consistência ajuda a identificar rapidamente as não conformidades nos processos.
  • Custos reduzidos: quando as tarefas são simplificadas, as empresas podem eliminar o desperdício de sucata, retrabalho e quaisquer outras ineficiências dispendiosas.
  • Operações de execução mais suave: interrupções inconsistentes e irregulares nos processos são eliminadas, pois as especificidades da operação se limitam a “conformes” ou “não conformes”.
  • Compliance: uma cultura que apóia a governança corporativa permite que seu produto chegue ao mercado atendendo às especificações pretendidas, funcionando corretamente e proporcionando todo valor prometido aos clientes.

Todas as empresas precisam de governança corporativa?

Ao falar sobre o assunto, empreendedores e líderes de pequenos negócios podem até se assustar: afinal, muitos sequer possuem conselhos de administração ou acionistas (apesar de sonhar chegar nesse patamar). Então, para eles, a governança corporativa serve?

Sim! E o modelo de governança pode ser adaptado, veja alguns cenários:

Para empresas pequenas e em estágio inicial, especialmente aquelas com vários acionistas ou sócios, marque reuniões regulares e nomeie um “presidente” informal para manter as estratégias no caminho certo, ajudar a chegar a um consenso e evitar preconceitos.

Quando uma empresa é familiar, é uma boa ideia estabelecer uma estrutura de governança familiar para promover a coordenação entre os membros da família e estruturar o relacionamento entre família e empresa.

À medida que o negócio cresce, avalie a composição do Conselho de Administração para garantir que seja apropriada para a próxima fase do desenvolvimento do negócio.

A apresentação de especialistas externos com um conjunto de habilidades específicas (contadores, consultores de gestão, etc) pode ajudar a atingir suas metas de crescimento de negócios.

 

E você, gostou de aprender mais sobre a governança corporativa e sua importância para as empresas?

Esperamos que o conteúdo ajude você a entender tudo sobre o assunto!

Siga de olho em nosso blog para aprender mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Software para homologação de empresas com mais de 20 fontes de verificação.

Nos acompanhe

Entre em contato

Telefone: (11) 4280-8482

E-mail: contato@uqualifyapp.com

© U-qualify – Todos os direitos reservados 2020-2021.