Lidando com atrasos de fornecimento: o que fazer?

Explicamos como sua empresa pode lidar de maneira proativa e eficiente com atrasos de fornecimento dos seus fornecedores. Confira!

Na gestão de fornecedores, não é incomum para as empresas enfrentarem atrasos no fornecimento de seus pedidos. No entanto, os efeitos podem ser pesados na linha de produção ou prestação de serviços do seu negócio. Afinal, como acabar com esse problema?

Bom, não há garantias que você conseguirá mitigar 100% dos atrasos, já que as circunstâncias saem do seu controle.

Mas disrupções na sua gestão de supply chain nunca são bem-vindas, especialmente porque prejudicam seus compromissos e podem causar impactos financeiros.

Porém, com a pandemia, os casos se multiplicaram e, de uma hora para a outra, as empresas enfrentaram um verdadeiro efeito dominó de atrasos.

Passado o olho do furacão, é hora de olhar para os próprios processos, buscando estabelecer táticas que possam amenizar os atrasos de fornecimento.

Que tal aprender algumas dessas dicas? Explicamos alguns passos que você pode tomar para lidar com atrasos. Confira!

Como lidar com atrasos de fornecimento?

1# Mantenha relacionamentos saudáveis com seus fornecedores

É improvável que seus fornecedores atrasem apenas porque “querem”.

Isso não é novidade e apostamos que você sabe disso, geralmente há problemas e desafios maiores (internos ou externos) envolvidos, como atrasos em outras etapas da cadeia de fornecedores ou falhas na linha de produção.

Por isso, é importante manter contato com seus fornecedores e fazer com que saibam que você valoriza o relacionamento.

Quando você é um parceiro presente e proativo, em vez de simplesmente mais um contato comercial, tem mais chance de se tornar uma prioridade.

É uma boa prática que incentivamos, de modo que criar uma percepção positiva da sua empresa como cliente.

2# Observe os problemas de forma proativa

Na dica anterior, mencionamos que sua empresa deve manter uma atitude proativa em relação ao fornecedor — o mesmo deve acontecer em relação aos problemas, como atrasos no fornecimento.

O contato deve não apenas ser construtivo de modo a abordar as obrigações da parceria firmada, mas as ameaças e riscos potenciais enfrentados.

Assim, você pode de forma proativa entender quais os possíveis problemas que o fornecedor enfrenta, possibilitando um melhor preparo para situações do tipo — assim, seu negócio não é pego de surpresa.

Veja bem: é sempre mais fácil encontrar soluções para um desafio possível do que para problemas que ocorrem de uma hora para a outra.

3# Quando acontecer, comunique imediatamente seus clientes

Assim como você se beneficiará de conversas francas com seus fornecedores, aqueles que dependem de você, também merecem ser informados quando um problema acontecer.

Problemas como atrasos de fornecimento podem ser prejudiciais para todos os envolvidos no supply chain.

Portanto, entre em contato com seus parceiros comerciais e clientes para explicar a situação.

Quer uma solução ainda melhor? Busque sua opinião — quando possível — e encontre soluções que possam beneficiar seu processo comercial.

Sabemos que pode ser uma situação delicada, mas veja bem: o problema já ocorreu. Agora, é hora de procurar suas raízes, entendendo a origem do problema, e também possíveis soluções.

Ao trazer seus parceiros e clientes para a conversa, você tem maiores chances de manter relacionamentos e evitar danos à sua reputação.

Como se preparar para problemas na gestão de fornecedores?

Agora, vamos dar um passo atrás e olhar esse tipo de problema com outra perspectiva: antes dele acontecer. Afinal, como evitar falhas na gestão de fornecedores? Existe realmente uma forma de se antecipar a situações como essas?

Bom, como falamos, não é possível desvendar tudo, mas é possível prevenir sua empresa e seus clientes de sofrerem os efeitos de atrasos e outros problemas.

Como? Muitos especialistas falam que o melhor ataque é resultado direto da melhor defesa.

Essa afirmação esportiva faz todo sentido na gestão de fornecedores.

Por isso, recomendamos que você reforce a sua estratégia, seguindo algumas dicas, como:

  • Crie um plano de emergência.
    • Diversifique sua rede de fornecedores;
    • Mantenha alguns nomes de fornecedores como backup;
    • Procure manter contato direto com a produção para entender suas necessidades;
  • Se possível, crie estoque suficiente para essas situações.
  • Audite sua cadeia de fornecimento para entender a capacidade de atender suas demandas.

Essa auditoria pode ser feita de diversas formas — com custos diferentes.

Uma forma de mitigá-los e ainda conquistar resultados eficientes é com uso de tecnologia.

Você sabia que existe, por exemplo, um software inteligente para homologação e qualificação de fornecedores?

Ou seja, ele se adequa ao seu layout de compliance (digamos que seu fornecedor precisa ter o certificado ISO 9001 válido) e, com base nos fornecedores cadastrados em seu ERP, faz uma varredura em mais de 20 fontes oficiais de verificação.

Assim, pode analisar se os seus fornecedores possuem a documentação ativa e válida — e, portanto, se estão aptos para continuar atendendo seu negócio.

Tudo de maneira automática, com periodicidade predefinida e com resultados imediatos para seu time de Compras.

 

Que tal conhecer essa solução?
O U-qualify é o software que você busca, uma tecnologia que pode evitar problemas com os fornecedores.

Teste o U-qualify gratuitamente!

E agora, que tal seguir aprendendo sobre redes de fornecedores e supply chain? Então siga lendo os conteúdos aqui do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Software para homologação de empresas com mais de 20 fontes de verificação.

Nos acompanhe

Entre em contato

Telefone: (11) 4280-8482

E-mail: contato@uqualifyapp.com

© U-qualify – Todos os direitos reservados 2020-2021.