5 dicas práticas para gerenciar seus fornecedores com mais eficácia e qualidade

Confira 5 dicas práticas para gerenciar fornecedores com eficácia e qualidade. Ferramentas, técnicas e recursos podem auxiliá-lo nesse processo, confira!

Como sua empresa faz a gestão de fornecedores? Neste artigo, te ensinamos 5 dicas essenciais para aprimorar seu processo de administração!

Para muitas empresas, especialmente as menores e sem muita estrutura, gerenciar fornecedores não está exatamente na lista de prioridades. Na verdade, o processo chega a ser relegado mesmo nas maiores.

O que muitas delas não sabem, é que o mero equívoco pode ser a razão dos seus problemas.

Dentre os principais riscos de não avaliar e gerenciar fornecedores, está a perda de qualidade do seu próprio produto ou atrasos consideráveis, que prejudicam toda sua cadeia produtiva.

O resultado disso tudo só pode ser um: sua marca desmoralizada e seu produto desvalorizado, o que culmina na perda de negócios e de oportunidades.

Apostamos que, para o futuro da sua empresa, não é esse o cenário que você deseja. Por isso, é tão importante entender como gerenciar fornecedores.

O impacto de um trabalho de gestão bem feito influencia não apenas no seu produto final, mas nas suas relações corporativas e na possibilidade de crescimento.

Ao adotar critérios e políticas de escolha, avaliação e gestão dos fornecedores você aumenta sua vantagem competitiva, pois passa a exigir apenas o melhor em suas demandas.

Seus próprios prazos de entrega são influenciados, já que fornecedores de confiança entregam no dia combinado (ou mesmo antes), cooperando com sua rotina produtiva.

Porém, muitas empresas se veem em uma situação bem particular: não sabem como gerenciar fornecedores. Qual o melhor método? Como realizar a avaliação? Como garantir um nível de serviço?

Continue a leitura para aprender!

Qual a melhor forma de gerenciar fornecedores? Confira 5 dicas!

É importante lembrar que não há uma única fórmula que vai ajeitar a sua gestão de fornecedores. Afinal, cada empresa possui suas próprias necessidades, padrões e logística.

No entanto, há vários recursos, ferramentas e técnicas que podem ajudar você a gerenciar fornecedores com mais eficiência, evitando prejuízos. Entenda mais!

1# Crie um planejamento para seu setor de Compras

O primeiro passo antes de qualquer decisão corporativa é o planejamento.

Aqui, você irá entender o seu calendário de demandas, se há ou não sazonalidade e também como é feito o seu controle de qualidade. A partir disso, sua empresa poderá definir com maior precisão as necessidades e buscar fornecedores que possam sanar suas dores.

2# Estabeleça uma política para guiar a seleção de fornecedores

Os critérios de avaliação de fornecedores serão essenciais para o sucesso do seu negócio. Parece exagero, mas é com base nesses princípios que sua empresa vai aceitar ou não os insumos de um fornecedor, o que impacta diretamente no seu produto final.

Junto da equipe de Qualidade e de Produção, defina padrões mínimos aceitáveis: qualidade do produto, condições de entrega, capacidade produtiva e logística, prazos mínimos e máximos.

Assim, sua empresa irá elevar seu nível de exigência, o que influenciará as suas próprias entregas.

3# Não deixe que o preço seja o seu principal critério de escolha

Em muitos casos, o principal critério de seleção de fornecedores se dá pela comparação de preços. Se a opção A é mais barata que a opção B, escolhe-se a opção A.

Porém, esse comportamento pode se provar nocivo para sua cadeia produtiva.

Se a sua atenção estiver apenas no preço, você corre o risco de comprar insumos de qualidade baixa (ou inadequados para o que sua empresa pretende fabricar).

Além disso, preços menores podem significar baixa qualidade logística e mesmo produtiva do fornecedor, o que (em casos extremos) pode significar que ela não segue normas trabalhistas e compromissos empresariais.

Portanto, procure manter o nível de hierarquia dos critérios em igual peso, considerando também qualidade técnica do insumo, custo x benefício, certificações como a ISO 9001, entre outras.

4# Faça um controle de qualidade das entregas

Trate de acompanhar todos os recebimentos, realizando uma inspeção de qualidade minuciosa. Você pode criar uma lista de anormalidades possíveis (embalagem violada; trincas, rachaduras ou partes quebradas; vazamentos; etc) para um levantamento padronizado.

Assim, é mais fácil para que sua equipe controle a qualidade das entregas e entre em contato com os fornecedores para resolver a situação, conservando a qualidade da sua produção.

5# Utilize a tecnologia para gerenciar fornecedores

Uma forma de potencializar a forma com que você vai gerenciar fornecedores é utilizando ferramentas digitais para auxiliar em seu processo.

Muitas vezes, depender de planilhas e documentos alheios no sistema da empresa pode ser bastante arriscado. E se as informações se perderem?

Para evitar situações como essas, organizar e centralizar dados, salvar registros, emitir relatórios detalhadas, procure um software para gerenciar fornecedores.

Assim, você potencializa a produtividade da equipe e evita custos desnecessários, tornando a sua gestão muito mais dinâmica!

Gostaria de melhorar a sua gestão de fornecedores com um software completo? Fale conosco agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Software para homologação de empresas com mais de 20 fontes de verificação.

Nos acompanhe

Entre em contato

Telefone: (11) 4280-8482

E-mail: contato@uqualifyapp.com

© U-qualify – Todos os direitos reservados 2020-2021.